02 novembro 2016

NOTA DE ESCLARECIMENTO - MORTE DE PRIMATAS NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

Em relação à ocorrência de mortes de primatas (macacos, micos, saguis) na cidade do Rio de Janeiro, desde o dia 11 de outubro de 2016, cumpre informar que: 

As Autoridades Sanitárias municipais e estaduais e os demais órgãos municipais envolvidos, como Comlurb, Patrulha Ambiental, Central de Atendimento 1746 e Defesa Civil, estão integrados na coleta de dados oriundos das observações clínicas e exames post mortem, para uma analise das causas possivelmente envolvidas com o evento. 

A população precisa evitar proximidade de animais doentes ou mortos, por questões de segurança. A identificação de novos casos deve ser informada imediatamente à Central 1746, que funciona ininterruptamente, 24hs por dia, 7 dias na semana. 

Quando fora do município do Rio de Janeiro, a comunicação deve ser feita em horário comercial, de segunda a sexta-feira, à Vigilância Ambiental da Secretaria Estadual de Saúde, pelos telefones 2333-3899 ou 2333-3842. Após as 17h e nos fins de semana e feriados, pode-se entrar em contato com o Plantão CIEVS SES, pelo telefone 98596-6553. As amostras de material biológico até o momento processadas foram negativas para arboviroses (dengue, zika, chikungunya e febre amarela). Outros testes estão em andamento para identificação do agente e o laudo oficial especificando a causa das mortes, segundo a FIOCRUZ, será emitido na próxima semana.