21 maio 2014

DEFESA CIVIL REALIZA SEGUNDO SIMULADO NOTURNO PARA CHUVAS [21/05/2014]

A Secretaria Municipal de Conservação, por meio da Defesa Civil, realiza nesta quarta-feira (21/05), às 19h, o 2° exercício simulado noturno de desocupação do Sistema de Alerta e Alarme para chuvas fortes da cidade, dessa vez na comunidade do Salgueiro.
 
 
O exercício simula uma situação que pode acontecer em caso de ocorrências de chuvas fortes. As duas sirenes da comunidade que informam sobre a possibilidade de deslizamentos serão acionadas às 19h e os moradores de 135 residências que ficam na área de maior risco da comunidade, serão orientados por cerca de 45 técnicos da Defesa Civil a deixarem suas casas e se dirigirem aos pontos seguros pré-definidos pela Prefeitura. Portadores de necessidades especiais e pessoas com dificuldade de locomoção serão retirados dos imóveis com o apoio dos agentes. 
O simulado noturno ajuda a capacitar a população para agir de forma segura em situações de grande dificuldade, com pouca visibilidade e em horário de maior probabilidade de temporais. O primeiro simulado noturno da cidade aconteceu em outubro de 2012, no morro da Formiga. A comunidade do Salgueiro já passou por outros dois simulados diurnos, em setembro de 2011 e novembro de 2012, e um acionamento real em janeiro de 2013.

O sistema de alerta e alarme é acionado diretamente do Centro de Operações Rio, caso a Defesa Civil e o Alerta-Rio identifiquem que as chuvas chegaram a níveis críticos, com grande acumulado de água que pode provocar deslizamentos nestes locais. Nessas ocasiões, os agentes e as lideranças locais recebem mensagens (torpedos) nos aparelhos celulares cedidos pela Prefeitura e orientam os moradores.

Os agentes e líderes comunitários recebem também um relatório fotográfico da sua área e uma cartilha com orientações. Os moradores das áreas também ganham material educativo para orientá-los e familiarizá-los sobre o funcionamento do sistema.

O Sistema de Alerta e Alarme Comunitário foi implantado, em janeiro de 2011, em comunidades da cidade do Rio apontadas pela Geo-Rio como locais com probabilidade de alto risco de deslizamento. Atualmente, 103 comunidades contam com 166 aparelhos e 150 pontos de apoio. Desde a implantação, não há registro de óbitos por deslizamentos na cidade. A Defesa Civil também já capacitou mais de 5 mil agentes comunitários e já realizou 21 exercícios simulados de desocupação.

Fonte: Prefeitura do Rio. Disponível em: <http://www.rio.rj.gov.br/web/guest/exibeconteudo?id=4741144>. Acesso em: 21 mai 2014.