04 novembro 2013

CURSO DE AGENTES LOCAIS EM DESASTRES NATURAIS – FASE DE MULTIPLICAÇÃO

Após a primeira etapa de formação de multiplicadores de Agentes Locais em Vigilância em Saúde e Defesa Civil, projeto piloto realizado  pela Fundação Oswaldo Cruz em parceria com a UFRJ, a UFF e a Defesa Civil Municipal do Rio de Janeiro, com apoio financeiro da Secretaria Nacional de Defesa Civil  que ocorreu entre 03/06 e 29/07 em Petrópolis, com a presença dos municípios de Rio de Janeiro, Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo como primeira experiência de produção, iniciamos a segunda fase, Sendo o município do Rio de Janeiro Pioneiro, com a formação de 90 AVS, destes,  20 da AP 4.0 e os demais distribuídos entre outras APs.

O curso é voltado para AVS buscando ampliar o olhar para os riscos de desastres naturais em seus territórios de atuação reconhecendo estes profissionais pela natureza de suas funções, interlocutores entre os diversos setores da saúde que integram o Sistema Único de Saúde (SUS), do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil e as comunidades em que exercem seu trabalho, pois acreditamos que este perfil reúne condições para fomentar, articular, mobilizar práticas educativas, executar ações de prevenção e primeiras respostas a desastres naturais.

Hoje os agentes assistiram a segunda aula do módulo I, ministrada pelos AVS Ortiz Junior e Marcela Schneider, cujo tema foi “Vulnerabilidade Social e Ambiental aos Desastres Naturais nos Territórios” e definiram seus grupos de trabalho e localidades de atuação no TC.

Disponível em <http://oticsbarra.blogspot.com.br/2013/11/curso-de-agentes-locais-em-desastres.html> acesso em 04 nov. 2013