25 março 2013

PREFEITURA INCLUI NOÇÕES DE PREVENÇÃO NA GRADE ESCOLAR DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO POR MEIO DO PROJETO ‘DEFESA CIVIL NAS ESCOLAS’

A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, por meio da Defesa Civil, lança nesta segunda-feira (25), às 9h30, no CIEP Antoine Magarinos Torres Filho, na Tijuca, Zona Norte, o projeto ‘Defesa Civil nas Escolas’, que inclui na grade escolar da rede municipal de ensino do Rio temas voltados para a redução de riscos, desastres e acidentes. O projeto conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e foi baseado no artigo 29 da Lei Federal 12.608. Inicialmente, mais de 2.500 alunos de 73 turmas do 5º ano de 38 escolas municipais, sendo 36 de turno único, serão contemplados com o projeto.

Os professores foram capacitados para ministrar as aulas e receberam um caderno elaborado pela Defesa Civil em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação e a Cruz Vermelha Brasileira. Na biblioteca de cada escola, haverá um livro com conteúdo mais denso e completo para servir de apoio para os professores. No início das aulas, os alunos também receberão material didático.

Ao todo, serão quatro módulos, divididos por bimestre, onde serão abordados os seguintes temas: Defesa Civil e Prevenção de Acidentes Domésticos; Educação Ambiental e Desastres Naturais; Primeiros Socorros; Chuvas e suas consequências na cidade do Rio de Janeiro. No fim dos quatro semestres, os alunos participarão de um exercício simulado para aplicarem na prática os conceitos aprendidos.

“O projeto Defesa Civil nas Escolas pretende contribuir para a formação de jovens mais preparados e conscientes sobre os riscos de desastres e as possíveis ações para redução dos mesmos. Além disso, consideramos as crianças as maiores multiplicadoras das informações, o que fará com que elas levem noções para os seus lares”, explica o secretário de Conservação e Serviços Públicos, Marcus Belchior. Atualmente, 17% dos alunos da rede municipal são atendidos em turno único. O programa funciona em 156 escolas, 40 a mais que em 2012. 

Nestas unidades, os alunos têm mais tempo de aula de Português, Matemática e Ciências. Pelo programa, as escolas do 1º ao 6º anos têm sete horas de aulas e duas horas a mais para atividades de Reforço Escolar, artes e esportes. Já as unidades que atendem alunos do 7º ao 9º anos têm oito horas de aulas e uma a mais no pós-escola. Uma das principais metas da Prefeitura para os próximos quatro anos é alcançar a cobertura de 35% dos alunos ao final de 2016, todas com disciplina da Defesa Civil na grade escolar. O projeto é uma parceria entre as secretarias municipais de Conservação (Defesa Civil) e de Educação e a Cruz Vermelha.

Participam do lançamento do projeto o secretário de Conservação, Marcus Belchior, o subsecretário de Defesa Civil, Márcio Motta, a subsecretária de Educação, Helena Bomeny, o secretário estadual de Defesa Civil e comandante geral do Corpo de Bombeiros, Sérgio Simões, além do cônsul-geral adjunto do Japão no Rio de Janeiro, Hajime Kimura e o representante da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), Chiaki Kobayashi.

Disponível em <http://doweb.rio.rj.gov.br/> acesso em 25 mar. 2013 (edição de 25 mar. 2013)